Remédios para impotência Sexual – Quais são os melhores, preço e como Tomar

4.8 (95.04%) 121 vote[s]

A impotência sexual é um problema que atinge uma grande quantidade de homens no mundo inteiro. A boa notícia é que esse é um problema que tem cura e isso pode ser feito com remédios para impotência, cirurgia e até mesmo terapia.

Alguns remédios para impotência são bem conhecidos, como é o caso do Viagra. No entanto, ainda existe um grande preconceito no uso desses medicamentos, o que acaba dificultando o diagnóstico e tratamento do problema.

 

Vale lembrar que a disfunção erétil, como também é chamada a impotência sexual, é um problema que afeta mais comumente homens entre os 50 e os 80 anos de idade.

remédios-para-impotência-sexualMesmo assim, pode acontecer mais cedo, afetando homens de 40 anos ou até menos, embora o mais comum seja a impotência na terceira idade.

Além disso, quase 50% dos homens que sofrem de diabete também podem apresentar problemas de ereção e impotência, visto que essa doença causa o estreitamento de vasos de sangue.

O mais importante de tudo, é procurar ajuda de um profissional para ter o tratamento adequado, lembrando que a impotência se caracteriza pela impossibilidade de conseguir uma ereção em pelo menos 50% das tentativas de relação sexual.

Isso quer dizer que se você não consegue ter uma ereção suficientemente rígida para a penetração ou se não consegue manter uma ereção em, pelo menos, a metade das tentativas, você pode estar sofrendo de impotência.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre os remédios para impotência, como eles agem e seus benefícios, continue lendo e descubra todos os detalhes sobre o assunto. Vamos lá?!

Remédios para impotência

LevitraOs remédios para impotência podem se apresentar em forma de cápsulas, comprimidos, injeções, adesivos e outros.

O mais importante de tudo é compreender que somente o médico é que pode determinar qual o melhor medicamento ou tratamento para o problema da impotência.

Dito isso, vamos conhecer os principais remédios para impotência sexual masculina:

 

  • Viagra (Sildenafila):

O Viagra é um dos remédios para impotência mais conhecidos atualmente, cujo princípio ativo é a sildenafila.

A ação do medicamento é aumentando o relaxamento dos músculos lisos presentes nos corpos cavernosos, bem como uma maior dilatação dos vasos que irrigam a região genital.

A consequência disso é que mais sangue consegue chegar e entrar no órgão sexual masculino, possibilitando uma ereção.

Assim como para os demais, para que a ereção ocorra após o uso de Viagra, é preciso que haja estímulos, sejam eles físicos ou psicológicos.

Pode causar efeitos colaterais como dores de cabeça, ereção prolongada, distúrbios visuais (como ver tudo em tons de azul), náuseas, tontura, sonolência, boca seca, inchaço ocular, convulsões e muitos outros.

  • Cialis (Tadalafila):

O Cialis é o nome comercial de um medicamento que tem como princípio ativo a tadalafila e é um dos remédios para impotência sexual masculina. Ele atua ajudando na ereção, possibilitando que o homem mantenha ou obtenha uma ereção satisfatória para a penetração.

Sua ação sistêmica não leva à ereção em si, ou seja, para que haja uma ereção, o homem terá de sofrer algum tipo de estimulo, seja ele físico ou psicológico.

O mesmo acontece ao fim da relação, isso é, quando a excitação termina, o fluxo de sangue na região pélvica volta a diminuir e a ereção termina.

Pode causar reações adversas como dores musculares, dor nas costas, indigestão, dor de cabeça, refluxo, falta de ar e outras.

  • Levitra (Vardenafila):

Esse é outro dos medicamentos para impotência que ajuda a obter ou manter a ereção de forma que possa haver penetração no contato íntimo.

Sua administração deve acontecer de 30 a 60 minutos antes do horário pretendido para a relação sexual. O tempo de efeito do medicamento pode ser diferente de um paciente para outro, variando entre 10 e 60 minutos depois de ingestão.

Segundo estudos clínicos realizados, o efeito do medicamento pode durar de 4 a 5 horas, ou seja, ele pode ser tomado até bem antes do momento da atividade sexual.

Para a Vardenafila vale o mesmo princípio que para a Tadalafila, ou seja, para que se obtenha uma ereção é preciso que haja estímulo sexual. Isso quer dizer que o medicamento não vai fazer o pênis ficar ereto o tempo inteiro de sua ação.

Pode causar reações adversas como conjuntivite, edema alérgico, hipersensibilidade, desmaios, perda de memória, convulsões, vertigem, angina de peito, falta de ar e muitos outros.

  • Alprostadil injetável

alprostadil-remédio-para-impotencia-masculinaAlprostadil é o nome do principio ativo do medicamento Carverject, que também é um dos remédios para impotência sexual.

Seu uso deve ser feito nos casos em que a disfunção erétil tem relação com os vasos sanguíneos, com os nervos ou quando possui origem de fundo psicológico.

A ação do medicamento é no relaxamento dos músculos lisos que compõem os corpos cavernosos, tal como faz o Viagra, porém esse tem aplicação local.

Com isso, é possível conseguir conquistar e manter uma ereção em apenas 5 a 20 minutos depois da aplicação.

Pode trazer efeitos colaterais como, vermelhidão local, fibrose, ereção prolongada, hematomas locais e nódulos fibróticos.

  • Alprostadil lápis intra-uretral

Como o nome sugere, esse é um dos remédios para impotência cuja aplicação ocorre pela inserção de um “lápis” dentro da uretra. Lá, ele vai agir permitindo a dilatação dos vasos sanguíneos, tornando possível obter uma ereção.

Podem ocorrer efeitos colaterais como dores de cabeça, tonturas, hipotensão arterial, dor na uretra, dor no pênis, leve sangramento da uretra, dores testiculares e outras.

  • Testosterona

Uma das causas da impotência sexual pode ser o baixo nível de hormônios sexuais, como a testosterona. Nesse caso, o mais recomendado é a TRP (terapia de reposição hormonal).

Se não funcionar sozinha, claro, é possível recorrer ao uso de outros medicamentos em conjunto.

Alguns efeitos colaterais mais comuns são dores de cabeça, tontura, queda de cabelos, hipertensão arterial, mudanças de humor, hipersensibilidade, dor nas mamas e outros.

  • Prelox

Esse é um remédio para impotência que é natural, com Pycnogenol e L-Arginina. Juntos esses dois ingredientes atuam melhorando a circulação do sangue e aumentando o desejo sexual.

Dentre os efeitos colaterais no uso desse medicamento podemos citar diarreia, cefaleia, inchaço e dor abdominal e outros.

  • Gerovital

Esse remédio para impotência nada mais é do que um polivitamínico combinado com o poderoso Ginseng. Dessa forma, ele atua no combate à fadiga mental e física e ainda ajuda a aumentar o apetite sexual.

Pode causar reações adversas como inflamações articulares, vômitos, náuseas, diarreia, prurido, vermelhidão na pele, reações de hipersensibilidade, suor, tontura e muitos outros.

 

Impotência masculina remédio natural

afrodisiacosComo já pudemos ver até agora, os remédios para impotência são mesmo eficientes e isso ninguém pode negar. No entanto, seu uso traz também uma série de desvantagens, como é o caso das reações adversas que podem causar, lembrando que algumas são muito sérias e até fatais.

Por isso, nada melhor do que conhecer alguns remédios naturais para tratar a impotência, visto que não possuem contraindicações nem causam efeitos colaterais. Veja;

  • Maca Peruana

A Maca Peruana é um tubérculo, cuja origem é na Cordilheira dos Andes. Sua ação atua no organismo, melhorando seu funcionamento como um todo, incluindo o sistema circulatório.

Como sabemos, uma boa circulação é essencial para que se possa obter uma ereção rígida e satisfatória. Além disso, ele ainda estimula o apetite sexual.

A Maca Peruana pode ser encontrada em cápsulas pura ou como ingrediente em outros suplementos estimulantes sexuais.

Veja mais sobre Maca Peruana

  • Power Blue

O Power Blue é um dos remédios para impotência mais poderosos do mercado e sua fórmula é 100% natural.

Um dos ingredientes de Power Blue é a Maca Peruana, é que conhecida como o Viagra dos Andes, usada desde a antiguidade para a aumentar o desejo sexual.

Leia mais sobre Power Blue

  • Xtrasize

Xtrasize é outro poderoso remédio para impotência natural, que age como um estimulante sexual. Sua ação irá acontecer em diversas frentes, possibilitando o fim da impotência masculina, um aumento no tamanho do pênis e o combate à ejaculação precoce.

O melhor de tudo é que todos esses remédios para a impotência que foram citados acima como naturais não causam efeitos colaterais e nem possuem contraindicações.

Leia mais sobre Xtrasize

Principais dúvidas sobre impotência:

Sem dúvidas, a impotência é um assunto que ainda é tabu e é justamente essa falta de debate que gera uma grande quantidade de duvidas a respeito do tema.

Por isso, veja a seguir algumas respostas para as dúvidas mais frequentes sobre impotência:

  • Remédio para diabetes causa impotência

Muita gente não sabe, mas cerca de 40% dos pacientes com diabetes acabam tento problemas de impotência. Isso porque, quando não controlada, a doença causa alterações na circulação, bloqueios das artérias do pênis, ansiedade e estresse e alterações de sensibilidade.

O remédio para o tratamento da doença, por sua vez, ajuda a controlar os problemas da diabetes.

  • Finasterida da impotência

Para quem não conhece, a Finasterida é um dos melhores medicamentos para a calvície que existem no mercado. No entanto, um dos seus feitos mais temidos e conhecidos é a impotência sexual sim.

O fato inegável é que, entre os efeitos adversos que o uso desse medicamento pode causar, temos a perda do apetite sexual e a dificuldade para obter e manter ereções.

  • Impotência na juventude

Embora seja menos comum, a impotência sexual também pode acontecer em jovens em variados níveis de intensidade.

Nesse público, a maior causa para a impotência sexual é a ansiedade, a insatisfação com o pênis e a insegurança, ou seja, fatores psicológicos comuns.

  • Qual médico procurar

Claro que um médico clínico geral pode ser uma boa alternativa para quem tem algum problema. Isso porque ele poderá fazer uma análise inicial do problema e até solicitar alguns exames.

No entanto, o mais recomendado é contar com a experiência de um médico urologista, que é o especialista na saúde sexual do homem.

Com essa especialidade, o médico pode cuidar tanto do sistema urinário, como também do sistema reprodutor de um homem, bem como identificar problemas que os afetam.

Então pronto, agora você já conhece os remédios para impotência, sabe como agem, para que serve e quando são recomendados. Aproveite essas dicas e busque tratamento.

Leave a Reply