O que é Priligy e para que serve?

4.7 (94.59%) 37 votes

PriligyQuem sofre com o problema da ejaculação precoce certamente sabe que o ditado popular que afirma que “a pressa é inimiga da perfeição” é muito verdade. Por isso, pode-se dizer que o prazer e a pressão também são coisas que não cominam muito e, geralmente, não têm um bom resultado.

O fato é que um grande número de pesquisas realizadas nos últimos anos concluiu que cerca de 30% dos homens do mundo inteiro sofrem com a ejaculação precoce.

É pensando justamente nessa grande parcela da população é que a indústria inova a todo momento, a fim de encontrar soluções que ajudem os homens a terem uma vida sexual plena e bem resolvida.

No entanto, você não deve se enganar pois o medicamento sobre o qual vamos falar hoje ajuda a tratar a ejaculação precoce, mas não cura o problema por completo.

Além disso esse é o medicamento químico, lembrando que existem opções de medicamentos naturais que servem para essa mesma finalidade.

Então se você quer saber um pouco mais sobre Priligy, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre este poderoso medicamento. Vamos lá?!

Para serve Priligy

dapoxetina-anvisaPriligy é um medicamento cuja apresentação é em forma de comprimidos de 30 mg e 60 mg. Seu uso é indicado para o tratamento da ejaculação precoce em homens com idade entre 18 e 64 anos.

Sua composição tem como princípio ativo a dapoxetina, que atua aumentando os níveis de serotonina no organismo. Com isso, é possível aumentar o tempo da ereção, evitando que ocorra a ejaculação precoce.

Benefícios esperados de Priligy

Como já foi dito anteriormente, a dapoxetina atua de forma a aumentar os níveis de serotonina no organismo.

Para quem não sabe, o momento da ejaculação ocorre por um reflexo do corpo, quando o cérebro envia uma mensagem para o sistema nervoso. Então, as células se comunicam, levando à liberação de serotonina, levando o corpo a liberar outra mensagem para a reabsorção dessa substância.

No entanto, se essa reabsorção ocorre de forma muito rápida, a comunicação é interrompida, levando à ejaculação precoce.

O Priligy, por sua vez, é um medicamento que atua na recaptação seletiva da serotonina. Dessa forma, como diminui a reabsorção dessa substância, ele ajuda as células a se comunica, permitindo que seja possível ter mais controle dos impulsos que levam à ejaculação.

Então, sem dúvida, o maior benefício que o uso de Priligy oferece é a possibilidade de ter uma relação sexual duradoura, sem ejaculação precoce.

Contraindicações

Primeiramente, Priligy é um medicamento contraindicado para mulheres, visto que é de uso exclusivo de homens, não gerando qualquer tipo de benefício para o público masculino.

Além disso, ele é contraindicado para pacientes que possuam alergia conhecida ao seu princípio ativo ou a qualquer outro ingrediente da sua fórmula.

Além disso, não é indicado para pacientes que sofram de patologias cardíacas, hepáticas ou possuem histórico de mania, depressão ou convulsões.

Existem situações, porém, nas quais o uso de Priligy não é contraindicado, mas o médico deve ser previamente consultado e informado, para que possa determinar se o uso do mesmo não trará prejuízos. São eles:

  • Se o paciente faz uso de drogas recreativas
  • Se já apresentou histórico de doença mental
  • Se possui epilepsia
  • Se apresenta histórico de hipotensão arterial
  • Se bebe álcool com regularidade.

Então, o mais importante é sempre falar com o médico a fim de que o uso do medicamento ocorra da forma mais segura possível, evitando problemas indesejáveis ou desagradáveis.

Grupos de risco

grupos-de-riscoComo grupo de risco, entende-se pacientes cujo uso de determinada substância pode desencadear problemas graves e até fatais. Sendo assim, são considerados grupo de risco no uso de Priligy os pacientes sob as seguintes condições:

  • Homens que apresentem problemas cardíacos
  • Homens que apresentem distúrbios hepáticos
  • Pacientes com histórico de mania
  • Pacientes com histórico de depressão
  • Pacientes com histórico de convulsões

O mesmo vale para aqueles pacientes que possuam hipersensibilidade a dapoxetina ou qualquer outro ingrediente da fórmula de Priligy.

Priligy e outros medicamentos

A combinação de medicamentos pode ser algo perigoso. Por isso, o médico deve sempre ser informado a respeito dos medicamentos que o paciente faz uso a fim de evitar que haja interação entre os mesmos, lembrando que isso pode até ser fatal em alguns casos.

O medicamento Priligy não deve ser utilizado se o paciente faz uso dos seguintes medicamentos:

  • Antidepressivos iMAO’s
  • Tioridazida, para o tratamento de esquizofrenia
  • Linezolida, para o tratamento de infecções
  • Hipericão, medicamento natural
  • Tramadol, como um analgésico
  • Alguns medicamentos antifúngicos
  • Alguns medicamentos para o HIV

É muito importante sempre falar com o médico, informando os medicamentos utilizados, a fim de evitar interações que não devem ocorrer.

No entanto, se você estiver fazendo uso de algum dos medicamentos listados acima, a recomendação a seguinte: pare de tomar o medicamento 14 dias antes de fazer uso de Priligy. Depois de parar de tomar Priligy, espere 7 dias para retomar o tratamento com outros medicamentos.

Efeitos colaterais e superdosagem

Tal como qualquer outro medicamento, o uso de Priligy pode levar ao surgimento de reações adversas variadas. Segundos estudos acerca do medicamento, essas reações são leves e rápidas, além de não se manifestarem em todos os homens que o utilizam.

O mais importante é ressaltar que a dapoxetina possui uma semivida curta e isso diminui de forma significativa a intensidade de efeitos secundários. Por isso, o medicamento é considerado bastante seguro quando utilizado da forma correta.

Agora vamos conhecer os efeitos secundários de Priligy de acordo com a frequência em que ocorrem:

Reações adversas comuns

Os homens que fazem uso de Priligy tendem a expercienciar 1 ou mais efeitos secundários comuns, que são:

  • Cefaleia (dores de cabeça)
  • Náuseas

Efeitos secundários pouco comuns

  • Depressão
  • Desorientação
  • Alterações de paladar
  • Alterações na circulação sanguínea
  • Comichão

Efeitos secundários raros

  • Urgência de ação intestinal
  • Sono súbito
  • Tontura pós-esforço

Efeitos secundários graves

  • Crise ou ataque convulsivo
  • Extrema tontura ao levantar
  • Alterações de humor
  • Pensamento suicida

Caso o paciente usando Priligy apresente qualquer uma dessas reações adversas, o uso do medicamento deve ser imediatamente interrompido e um médico deve ser procurado para administração de medidas de suporte.

O Priligy pode levar a uma queda na pressão arterial quando sentado. Isso pode ser perigoso e muito desconfortável. Por isso, atenção aos sintomas e peça ajuda caso necessário.

Dapoxetina o priligy genérico

A dopaxetina nada mais é do que a substância ativa de Priligy. Por isso, se você quiser comprar um medicamento genérico de Priligy, basta solicitar ao farmacêutico diretamente pelo princípio ativo do mesmo, lembrando sempre de respeitar a dosagem recomendada.

xtrasizeXtrasize o que é?

Xtrasize nada mais é do que um poderoso suplemento estimulante sexual que já revolucionou a vida de muitos homens no mundo inteiro. Ele foi desenvolvido pensando exclusivamente na melhora da vida sexual do homem.

Sua formula é completamente natural e ele atua proporcionando uma melhora na circulação sanguínea, o que é essencial para uma ereção mais potente e duradoura.

O melhor de tudo é que, por ser natural, não é necessário apresentação de receita médica para compra-lo e seu uso não possui contraindicações nem causa efeitos colaterais.

O fato é que seus ingredientes foram combinados nas medidas certas para aumentar o desejo sexual e a virilidade masculina. Você pode saber mais a respeito de Xtrasize nesse artigo

power-bluePower Blue o que é?

Power Blue é outro poderoso estimulante sexual do mercado. Sua ação é diferenciada dos demais, visto que possui a famosa Maca Peruana na composição.

Ele também é um suplemento 100% natural, que não causa efeitos colaterais nem possui contraindicações. Se uso pode ser feito por qualquer homem, a partir dos 18 anos de idade, que queira melhorar sua performance sexual ou acabar com o problema da ejaculação precoce.

Então, agora você já conhece Priligy, como funciona e para que serve, bem como alternativas naturais para o tratamento da ejaculação precoce. Aproveite essas informações e tenha uma vida sexual muito plena! Saiba mais a respeito de Power Blue neste artigo completo!

Leave a Reply